Seguidores

terça-feira, 17 de julho de 2012

Luz de Vaga-lumes



Exponho minha nudez ao teu apreço
Ao carinho de tuas mãos
Rendo-me aos teus beijos
E navego no oceano do teu amor.

E lá fora, a luz dos vaga-lumes
Escreve na noite escura
O teu nome e o meu



Acendendo... Apagando...


Luciah Lopez

6 comentários:

  1. Adorável o teu canto de poesias.
    Amei tua seleção de musicas clássicas.

    Seja bem vinda ao meu cantinho.

    ResponderExcluir
  2. ESCARLATTE !!! Tua presença me traz muita alegria.
    É uma honra te receber.
    Um grande abraço e obrigada pelo estímulo.
    vera portella

    ResponderExcluir
  3. Oi Vera. Bom dia querida!
    Amei ver estes lindos vaga-lumes enfeitando mais um lindo poema de amor. Ameiiiiiii! Beijokinhas da mana
    Gracita

    ResponderExcluir
  4. QUERIDA IRMÃ!
    QUE BOM...que vieste.
    Para mim e meu céu da felicidade és especial demais.
    Hoje acordei com as palavras e os versos de Aíla sampaio
    em minha mente(eu adoro ela).Uma delas diz assim...

    "A poesia é uma forma de inventar e desinventar amores... é bom vê-los começar e terminar sem lágrimas, despencando apenas das palavras que lhes deram a luz". (Aíla sampaio)

    beijos
    vera portella

    ResponderExcluir
  5. Obrigada,Orlando!
    Tua manisfestação me faz alegre.
    Obrigada.
    beijos
    vcera portella

    ResponderExcluir